Planos de Saude Todos AquiFale com um consultor

Convênios podem deixar 2 milhões sem assistência

Quase dois milhões de brasileiros podem estar perto de ver seus planos de saúde quebrarem.
Além de suspender a venda de 268 planos que desrespeitaram prazos de atendimento, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) acompanha de perto 141 empresas de planos - que correspondem a 10,3% do total de 1,3 mil em funcionamento no país - com graves problemas financeiros. Elas estão no chamado regime de direção fiscal, estágio em que sofrem intervenção. Se seus problemas não forem resolvidos, elas podem fechar.
Em São Paulo, o Estado com mais casos desse tipo, 41 operadoras com carteira de 515,77 mil pessoas estão ameaçadas. No Rio, são 25 empresas, com implicações para 223,23 mil beneficiários. Em Brasília, são cinco operadoras, com 79,29 mil usuários; em Pernambuco, estão com problemas três operadoras, com 119,3 mil clientes.
Monitorados: 10% dos convênios têm problemas financeiros graves

destak