Planos de Saude Todos AquiFale com um consultor

ANS suspende 225 planos de saúde administrados por 28 operadoras

Punição é por descumprimento de prazos para marcação de consulta, exames e cirurgia.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta quinta-feira a suspensão por um período de três meses de 225 planos de saúde, de um total de 28 operadoras, a partir de segunda-feira (14). Elas foram punidas por descumprirem os prazos máximos para marcação de consultas, exames e cirurgias. Durante esse período, elas não poderão aceitar novos clientes. Esses planos têm 1,9 milhão de beneficiários em suas carteiras ou 4% do total de clientes do setor.

Os convênios só poderão voltar a atender mais pessoas quando melhorarem a oferta dos serviços aos consumidores. Esta foi a terceira vez que o governo aplicou a sanção – em outubro, 301 planos de saúde haviam tido comercialização suspensa. Em junho do ano passado, foram 268 convênios. A medida valerá até que as operadoras se adequem à resolução 259 da ANS, que determina os prazos. Para as especialidades de pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia, por exemplo, ele é de sete dias; para consulta com fisioterapeuta, de 10 dias; e, para situações de urgência e emergência, como infarto, o atendimento deve ser imediato. (Cristiane Bonfanti)

OGLOBO