Planos de Saúde Todos Aqui

Sac

atendimento pelo whatsapp
atendimento por e-mail
atendimento pelo site



Cliente

Nome:
Plano:
Valor total do orçamento para: 0 pessoas
 de 0 a 18 anos
 de 19 a 23 anos
 de 24 a 28 anos
 de 29 a 33 anos
 de 34 a 38 anos
 de 39 a 43 anos
 de 44 a 48 anos
 de 49 a 53 anos
 de 54 a 58 anos
 com + de 59 anos

Orçamento

Voce não escolheu o tipo de plano (individual, familiar ou empresa)

Voltar e escolher o tipo de plano


TABELA COMPLETA

Clique no plano para abrir a tabela completa com informações de preço, rede credenciada e prazos de carências.


LEGENDA

[E] Internação em enfermaria
[A] Internação em apartamento
[CP] Plano com co-participação


PLANO PESSOA FISICA

O plano para pessoa fisica normal tem o reajuste anual controlado pela ANS, o último reajuste autorizado foi de 7%. As grandes operadoras como Amil, Bradesco, Notre Dame e Sul América não vendem o pessoa fisica normal somente o coletivo por adesão.


PLANO COLETIVO POR ADESÃO

O plano para pessoa fisica coletivo por adesão tem o reajuste anual conforme a sinistralidade do plano e a administração desses planos é feita por empresas como a Qualicorp, Corpore, All Care e o usuario titular precisa se filiar a entidade de classe conforme sua profissão ou formação.


PLANO EMPRESARIAL

O plano para empresas tem custos bem menores e o reajuste anual é conforme a sinistralidade da carteira e é necessario cnpj ativo para contratação e em caso de empresario individual o cnpj precisa ter pelo menos 6 meses de aberto. A maioria das operadoras pede um minimo de 2 pessoas sendo 1 titular socio ou funcionario e mais 1 dependente conjuge, filho, pai, mâe, sobrinho ... (conforme regra de aceitação da operadora).


PLANO COM CO-PARTICIPAÇÃO

A opção de plano com co-participação possui mensalidade menor mas o usuário participa na despesa. Nesse tipo de plano é acrescentado na mensalidade uma taxa por cada procedimento usado no plano (consultas, exames, internação ...). Verifique em nossas tabelas o valor cobrado no item critérios de co-participação


DOENÇA PRÉ-EXISTENTE

O cliente de plano de saúde que declara ter alguma doença ou lesão pré-existente anterior a assinatura do contrato, que precise de internação, cirurgia ou procedimentos de alta complexidade, tem a carência aumentada. Veja o que diz a lei dos planos de saúde: Doenças ou Lesões Preexistentes (DLP) são aquelas que o beneficiário ou seu representante legal saiba ser portador ou sofredor, no momento da contratação ou adesão ao plano privado de assistência à saúde, de acordo com o art. 11 da Lei nº 9.656, de 3 de junho de 1998, o inciso IX do art 4º da Lei nº 9.961; Pode ser agendada uma entrevista médica para uma avaliação clinica justamente para identificação desses casos. Consultas, exames e procedimentos de baixa complexidade tem a carência normal de contrato


COMPRA DE CARÊNCIAS

Para quem tem plano anterior ativo ou cancelado recentemente a maioria das operadoras oferece uma redução ou isenção dos prazos de carências. Verifique no final das nossas tabelas o item criterios de redução de carências.


REGRAS DE ACEITAÇÃO PARA COMPRA

As operadoras possuem regras de aceitação diferentes quanto a idade minima e maxima para contratação, area de comercialização, documentação necessaria, verique em nossas tabelas a regra de cada operadora.


PLANO ODONTOLÓGICO

Se o plano não oferecer cobertura odontológica, voce pode contrata-la separadamente, tem uma boa opção em promoção que é o plano amil dental, ele tem carência zero, cobertura nacional, 41 mil dentistas e não tem limite de uso, saiba mais ...


COMPRA DO PLANO

Os valores são tabelados e orientamos voce na escolha. Enviamos o questionario de compra e a lista de documentos necessarios. Na maioria das operadoras o processo de compra é on-line e após a analise e aceitação da proposta o cliente tem acesso a carteirinha virtual e o boleto de pagamento.


REAJUSTE ANUAL

No plano coletivo por adesão e empresarial o reajuste é conforme a sinistralidade da operadora. O reajuste anual dos planos pessoa fisica segue o indice abaixo determinado pela Ans.
2019: 07,35%
2018: 10,00%
2017: 13,55%
2016: 13,57%
2015: 13,55%
2014: 09,65%
2013: 09,04%
2012: 07,93%
2011: 07,69%
2010: 06,73%
2009: 06,76%
2008: 05,48%
2007: 05,76%
2006: 08,89%
2005: 11,69%
2004: 11,75%
2003: 09,27%
2002: 07,69%
2001: 08,71%
2000: 05,42%